top of page

​Fábio A. N. Fialho é natural de Porto Alegre-RS (1976), radicado em Florianópolis-SC (2007).  Artista, cientista, engenheiro, reúne elementos de diferentes áreas do conhecimento, em uma abordagem transdisciplinar, para compor obras biofílicas, pulsantes, impregnadas da atmosfera da Floresta de Mata Atlântica onde vive e trabalha.

  • https://www.facebook.com/fabioanfialho/
  • https://www.instagram.com/fabiofialho.info
2020-11-20 19.08.13.jpg

mini biografia

Frequentador dos espaços e galerias de arte em sua cidade natal, ainda adolescente participa das oficinas de escultura e desenho no Ateliê Livre de Porto Alegre, e das oficinas de teatro da Terreira da Tribo de Atuadores “Ói Nóis Aqui Traveiz”, onde atua na confecção de cenários e adereços teatrais.  Ao final dos anos 90, se engaja em projetos de agricultura orgânica e permacultura, residindo de 1997 a 2001 em Maquiné-RS,  município situado dentro da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Entre 2003 e 2010 trabalha como mergulhador em ilhas como Bonaire (Antilhas Holandesas) e Fernando de Noronha-PE, e em Florianópolis-SC. Em 2007 ingressa no curso de graduação em Engenharia de Aquicultura pela Universidade Federal de Santa Catarina. Em 2010 tem seu primeiro contato com a obra do botânico francês Patrick Blanc, tido como o inventor dos jardins verticais modernos. No mesmo ano dá início à pesquisa e experimentação com materiais biocompatíveis e passa a projetar jardins verticais, expondo trabalhos em feiras e eventos. Em 2012 começa a trabalhar profissionalmente com jardins verticais, projetando e implantando paredes verdes em residências, empresas e espaços corporativos. Em 2014 ministra a palestra “Os Jardins Verticais no Contexto das Artes Visuais e da Arquitetura e Urbanismo” no Centro Integrado de Cultura da Fundação Catarinense de Cultura, durante a 8ª Primavera de Museus. De 2013 a 2015 cursa o mestrado em Aquicultura e Recursos Pesqueiros (UFSC), se dedicando ao cultivo de algas marinhas para uso como biofertilizantes na agricultura. Em 2016 formaliza a empresa Vértica Jardins, especializada no ramo de jardins verticais. Ainda no ano de 2016, adapta diferentes técnicas de confecção de jardins verticais para construir os primeiros Forófitos, esculturas em baixo-relevo, biofílicas, colonizadas espontaneamente por musgos, líquens e pequenas plantas. Em 2017 e 2018 ministra o “Curso de Jardim Vertical” em parceria com o Laboratório de Hidroponia da UFSC. Em 2018 realiza sua primeira exposição individual, denominada Forófitos, no espaço Glauco Olinger do Jardim Botânico de Florianópolis (04 de novembro a 16 de dezembro). Ainda em 2018 submete pedido de patente junto ao INPI (em processo) para “Aperfeiçoamento Introduzido em Módulo de Jardim Vertical”. Atualmente Fábio A. N. Fialho divide o seu tempo entre o trabalho como projetista e designer na empresa Vértica Jardins, onde assina mais de 200 obras com jardins verticais, e o seu ateliê situado em meio à Floresta de Mata Atlântica, onde se dedica à pesquisa de poéticas visuais e à experimentação plástica com materiais biocompatíveis.

bottom of page